Trump vai à Escócia e é 'chamado' de nazista em protesto

ROMA, 24 JUN (ANSA) - O pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, foi à Escócia nesta sexta-feira (24) para inaugurar um complexo com campo de golfe e resort de luxo, mas foi interrompido por um protesto inusitado.   

Enquanto o magnata falava, o comediante Lee Nelson se levantou e começou a falar "essas não as novas bolas de golfe de nosso clube, parte do Trump Turnberry e eu esqueci de entregá-las antes". Nelson segurava em suas mãos um conjunto de 12 bolas de golfe pintadas de vermelho e com o símbolo nazista nelas.   

Após a ação, ele foi afastado do local e Trump não se abalou. Em seu discurso, ele elogiou a decisão dos britânicos de votarem para sair da União Europeia, o chamado "Brexit", e disse que "a Grã-Bretanha será mais forte agora". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos