Itália se vinga de 2012 e tira Espanha da Euro

SÃO PAULO, 27 JUN (ANSA) - Um dos poucos remanescentes italianos da decisão da Eurocopa de 2012, Giorgio Chiellini foi o herói da Azzurra nesta segunda-feira (27). O zagueiro da Juventus marcou o primeiro gol na vitória por 2 a 0 sobre a bicampeã Espanha, resultado que eliminou a "Fúria" da Euro 2016 e de quebra vingou a goleada de 4 a 0 sofrida na final de quatro anos antes.   


Em um primeiro tempo praticamente perfeito, a Itália controlou o talentoso meio-campo espanhol com uma marcação eficiente e ainda criou as melhores chances. Em uma delas, aos 31 minutos, o ítalo-brasileiro Éder bateu falta no centro do gol, De Gea espalmou para frente, e Chiellini aproveitou o rebote e mandou para o fundo das redes.   


Como era de se esperar, a Azzurra se fechou na segunda etapa, chamando a Espanha para o seu campo e apostando nos contra-ataques. A "Fúria" obrigou Gigi Buffon a operar alguns milagres, mas não conseguiu furar a forte defesa montada por Antonio Conte e liderada por Chiellini. Já nos acréscimos, em um contra-ataque mortal, Graziano Pellè, de voleio, fez o segundo e fechou o placar.   


Nas quartas de final, a Itália enfrentará a temida Alemanha, reeditando a semi da Euro 2012, quando dois gols de Mario Balotelli classificaram a Azzurra para a decisão. Além disso, os comandados de Antonio Conte tentam conquistar a Europa no ano em que se completa uma década do tetracampeonato mundial de 2006, último grande triunfo italiano no futebol. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos