Viaje por 10 grandes cidades sem pagar nada nas atrações (2)

ROMA, 28 JUN (ANSA) - Nova York, entre concertos fabulosos e caminhadas perto das estrelas - O famoso Flatiron Building, um dos primeiros arranha-céus de Nova York e um ícone da cidade, pode ser admirado todos os domingos em tours gratuitos na área do edifício.   


Já das 12h30 às 12h50 em todos terças, quartas e quintas-feiras, a Grace Church, igreja na Broadway, oferece concertos do coro The Bach Choir of Bethelehem de entrada franca chamados de "Bach at Noon".   


Mas para conhecer Nova York mais de perto e mais próximo das estrelas também está o High Line, o parque linear da "Grande Maçã", construído em cima de uma via férrea elevada e com 2,5 quilômetros de comprimento. Viena, paraíso de passeios imperiais e festas gigantescas - O Castelo de Schönbrunn é um Patrimônio Mundial da Humanidade e uma das principais atrações de Viena. Os turistas podem aproveitar para fazer passeios pelos maravilhosos jardins do local, que antigamente eram visitados exclusivamente pelo imperador. Descontos estão disponíveis para cada tipo de passeio.   


Escutar composições de Puccini ou Mozart a céu aberto e de graça pode ser possível de abril a setembro próximo da Ópera Estatal de Viena, famosa casa de concertos da cidade. Mas para quem prefere músicas mais modernas, o lugar certo é o Donauinselfest, gigantesco festival de música gratuito também ao ar livre que acontece todos os anos desde 1894.   


Edimburgo, capital de histórias escocesas, natureza maravilhosa e adrenalina - Uma cidade espetacular como Edimburgo conta com várias atrações. E por sorte algumas delas são gratuitas. Um exemplo é a Arthur's Seat, famosa colina no meio da cidade. Para chegar ao topo é necessário mais de uma hora, mas a recompensa da vista é realmente imperdível. Visitar o Parlamento Escocês e observar a sua arquitetura moderna também pode ser feito sem custo. Para isso faça um dos tours guiados gratuitos que também passam por todos os maiores pontos turísticos da Royal Mile, principal via do centro histórico da cidade.   


Já para os mais corajosos, o cemitério de Greyfriars é o lugar perfeito para conhecer um dos lugares mais assombrados e cheios de fantasmas de Edimburgo sem ter que pagar nada. As visitas entre as lápides mais assustadoras atraem várias de pessoas que acreditam no sobrenatural.   


Além disso, outros lugares também têm entrada de graça da capital escocesa, como a colina de Calton Hill, a Galeria Nacional da Escócia e o Duddingston Village, um vilarejo do século 12 que conta com o pub considerado o mais antigo do país, o Sheep Heid Inn.   


Amsterdã, entre flores flutuantes e apresentações de jazz - Explorar os canais, as típicas ruas de água que contornam a cidade de Amsterdã, é um passeio turístico totalmente gratuito que por ele mesmo já vale a viagem. Pelos canais, os turistas podem encontrar o Bloemenmarkt, o único mercado de flores "flutuante" do mundo, com barcos cheios das mais belas e exóticas plantas em uma verdadeira explosão de cores e perfumes.   


Outra atração imperdível são os concertos de graça em todas as terças-feiras na hora do almoço na Royal Concertgebouw Orchestra e as apresentações de jazz que o Bimhuis organiza a cada mês.   


Ainda de graça estão a visita ao Museu de Cinema EYE Film Institute e a Vrije University com o seu jardim botânico de mais de 6 mil espécies distintas, muitas quase em extinção. Praga, entre vistas de tirar o fôlego e trocas de guardas - Visitando a cidade velha de Praga, a Old Town Square, com seu relógio astronômico do século 15, é uma atração que definitivamente não pode ser perdida. Já ao meio-dia no famoso Castelo de Praga qualquer visitante pode ver a troca de guarda, cerimônia solene que acontece todos os dias.   


Já na área cultural, a Galeria Nacional de Praga oferece entrada franca das 15h às 20h cada primeira terça-feira do mês. Além disso, para terminar bem o dia, caminhar na maravilhosa Ponte Carlos, no coração da cidade, é indispensável.   


Berlim, muros repletos de arte e uma imersão na história - Por último, mas não por isso menos importante, vem a cidade de Berlim, repleta de atrações gratuitas pelas suas ruas. Uma das mais interessantes é a East Side Gallery, uma galeria de arte incomum e única que preserva o pedaço mais longo do Muro de Berlim que ainda está de pé da capital alemã e o cobre com obras de mais de 106 artistas internacionais.   


Outra atração é o Palácio de Reichstag, onde se localiza o Parlamento Alemão, e principalmente a sua cúpula, onde é possível ter uma vista incrível da cidade. Além disso, todas as terças-feiras às 13h, o hall da Orquestra Filarmônica de Berlim oferece concertos de música clássica de graça, uma experiência única sem pagar um euro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos