Porto Rico declara moratória de dívida de US$ 2 bilhões

NOVA YORK, 01 JUL (ANSA) - O governo de Porto Rico, que deveria pagar nesta sexta-feira (1º) uma dívida de US$ 2 bilhões, disse ter em seu caixa operacional apenas US$ 200 milhões, o que corresponde a somente 10% do total do débito.   

O anúncio foi feito por meio de um comunicado do Banco Governamental de Fomento do território (BGF), que não especificou se a quantia será usada para quitar pelo menos uma parte do valor devido.   

Um dia antes, o governador do Estado Livre Associado (ELA), Alejandro García Padilla, assinou uma ordem executiva que declara moratória da dívida. O débito inclui cerca de US$ 1 bilhão em "Obrigações Gerais", títulos cujos pagamentos são garantidos constitucionalmente.   

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou a sancionar um projeto aprovado pelo Senado que tem como meta ajudar o território a aliviar sua dívida de US$ 70 bilhões, mas não foi suficiente para evitar o calote.   

Desde agosto de 2015 Porto Rico já entrou em default em outras três ocasiões, deixando de pagar no total mais de US$ 600 milhões aos seus credores. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos