Milhares de pessoas marcham em Londres contra 'Brexit'

ROMA, 02 JUL (ANSA) - Uma marcha contra a saída do Reino Unido da União Europeia, o chamado "Brexit", reuniu milhares de pessoas em Londres neste sábado (02). Segundo os organizadores da "Marcha pela Europa", 50 mil pessoas, em sua maioria jovens, foram para as ruas da capital da Inglaterra.   

Os cartazes apresentados tinham frases desde "Eu amo a UE" até "Sem a União Europeia minha vida será ruim" ou "Diversidade, Solidariedade e Cooperação".   

Em Londres, 60% das pessoas votaram pela permanência do Reino Unido no bloco econômico no referendo do dia 21. Além disso, os mais jovens votaram, em sua maioria, pela permanência sendo que os mais velhos foram a maioria dos que pediram pela saída.   

Porém, na soma total dos votos, 52% dos britânicos optaram pelo "Brexit" e acabaram criando um caos político e social por todo o Reino Unido.   

Além dos problemas com os outros países do continente, a saída causa problemas entre os países que compõem o Reino Unido. E o maior deles é a Escócia. Lá, mais de dois terços da população optou pelo "Remain" e agora o Parlamento quer um novo referendo para se separar administrativamente da Grã-Bretanha para permanecer na União Europeia.   

Coincidindo com sua visita anual ao país, a rainha Elizabeth II, acompanhada do príncipe Filipe, foi ao Parlamento escocês neste sábado e fez seu primeiro discurso público sobre o "Brexit". "Permaneço confiante que os parlamentares escoceses utilizarão seu poder de modo sábio para continuar a representar os interesses de toda a Escócia. O mundo no qual vivemos é extraordinariamente complexo e se move em uma velocidade incrível. Mas, a abertura de uma nova sessão do Parlamento escocês é um momento de esperança e otimismo", disse a soberana que passará uma semana no país.   

Após a rainha se pronunciar, a primeira-ministra Nicola Sturgeon, que recentemente teve um encontro com os líderes europeus para debater a permanência, falou aos políticos e disse que "a Escócia terá um papel em uma Europa mais forte".   

"Levaremos adiante o desejo da nossa população", disse Sturgeon dando a entender que lutará pela permanência da Escócia na UE.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos