Estreitando laços, 1ª viagem de Kuczynski será para China

LIMA, 4 JUL (ANSA) - O presidente eleito do Peru, o economista Pedro Pablo Kuczynski, anunciou que sua primeira viagem internacional após a posse "provavelmente" será à China, deixando claro sua intenção de priorizar as relações bilaterais com o governo de Pequim.   

Anúncio foi feito durante seu discurso na Cúpula Empresarial realizada no âmbito do último encontro da Aliança do Pacífico, no Chile, na semana passada.   

"Somos uma economia de recursos naturais imensos que precisam ser industrializados. Isso não é fácil e precisamos da colaboração dos nossos maiores compradores, que estão, em grande parte, na China", disse.   

Kuczynski ainda elogiou a "trajetória absolutamente incrível da China" nas últimas décadas, apesar da recente desaceleração de sua economia, que teve consequências na economia local.   

A China é o principal parceiro comercial do Peru, que, por sua vez, é um dos países de preferência para os investimentos chineses na América Latina. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos