Após cirurgia no coração, Berlusconi deixa hospital abatido

MILÃO, 5 JUL (ANSA) - O ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, de 79 anos, recebeu alta médica nesta terça-feira (5) e deixou o Hospital San Raffaele, em Milão, onde estava internado devido a uma cirurgia cardíaca.   

"Foi uma prova muito difícil, eu não pensei que seria tão ruim.   

Agora estou um pouco melhor", confessou Berlusconi ao deixar o hospital e explicando que fará dois meses de tratamentos de reabilitação em sua casa. Mesmo um pouco abatido, o ex-premier, que chegou a fazer campanha política dentro do hospital por ocasião das eleições municipais na Itália, disse que o país sofre uma "preocupante carência de líderes". Questionado por jornalistas, porém, se ele ainda se considerava um líder, Berlusconi respondeu: "A gente sempre quer contribuir com o país. Espero que não seja preciso, mas, se for, espero ter forças".   

O ex-primeiro-ministro se internou no dia 7 de junho com sintomas de insuficiência cardíaca. Uma semana depois, ele passou por uma cirurgia para substituição da válvula aórtica que durou quase 4 horas e o fez permanecer dois dias em uma unidade de terapia intensiva (UTI). Nos últimos dias, Berlusconi já estava sendo submetido a exercícios de reabilitação motora e respiratória, os quais serão prosseguidos em sua residência. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos