Corpos de italianos mortos em Bangladesh chega a Roma

CIAMPINO, 05 JUL (ANSA) - Aterrissou na noite desta terça-feira (5), no Aeroporto de Ciampino, em Roma, o avião que transportava os corpos das nove vítimas italianas do ataque do último sábado (2) contra um restaurante de Daca, capital de Bangladesh.   

O voo foi recebido pelo presidente Sergio Mattarella, que interrompeu uma visita à América Latina por conta do atentado, e pelo ministro das Relações Exteriores Paolo Gentiloni. Pela manhã, já haviam desembarcado em Tóquio os restos mortais das sete vítimas japonesas do massacre.   

Depois de feito o reconhecimento por parte de familiares, os corpos dos italianos serão submetidos a exames de autópsia, o que deve ocorrer nesta quarta-feira (06). Ao todo, 20 pessoas morreram no ataque, inclusive um refém baleado por engano pela polícia, o pizzaiolo Saiful Islam Chowkidar.   

O atentado ocorreu no restaurante Holey Artisan Bakery, que fica no bairro diplomático de Daca e é muito frequentado por estrangeiros. A ação foi realizada por um comando de cinco jihadistas, que invadiram o local e mantiveram mais de 20 reféns durante horas. Todos os terroristas foram mortos pelas forças de segurança. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos