Corte aumenta pena de Pistorius para 6 anos de prisão

ROMA, 06 JUL (ANSA) - O ex-atleta olímpico Oscar Pistorius, condenado pelo homicídio voluntário de sua então namorada, a modelo Reeva Steenkamp, teve sua pena aumentada de cinco para seis anos de prisão.   


A nova sentença foi confirmada nesta quarta-feira (6) pelo Tribunal de Apelação de Pretória. Inicialmente, o sul-africano havia sido condenado por homicídio culposo, ou seja, quando não há intenção de matar. Contudo, em dezembro do ano passado a sentença foi revista para homicídio voluntário, já que os juízes consideraram que o ex-atleta assumiu o risco de tirar a vida de Steenkamp ao abrir fogo.   


Até hoje Pistorius alega que confundiu a namorada com um assaltante, embora ela estivesse trancada dentro do banheiro.   


Apesar do endurecimento da sentença, a defesa do ex-atleta não recorrerá da decisão em terceira instância, uma vez que ele poderia pegar até 15 anos de cadeia.   


Segundo a magistrada Thokozile Masipa, os "atenuantes" tiveram um peso maior do que os fatores "agravantes", por isso uma "pena de detenção longa não serviria à justiça". "A recuperação é possível, mas dependerá sobretudo da postura de Pistorius em relação à punição", disse.   


Durante o julgamento de apelação, o sul-africano chegou até a caminhar sem próteses para tentar mostrar sua vulnerabilidade.   


Após a divulgação da sentença, o ex-atleta foi tirado do regime de prisão domiciliar em que se encontrava e levado para a cadeia.   


O assassinato de Steenkamp ocorreu em 14 de fevereiro de 2013, dia dos namorados na África do Sul. A acusação dizia que Pistorius tinha brigas constantes com a companheira e mostrou diversos momentos em que ele utilizou armas em público. Além disso, a modelo teria enviado mensagens dizendo que o ex-atleta a assustava.   


Já Pistorius e sua defesa sempre alegaram inocência, afirmando que ele atirou por achar que um ladrão havia entrado em seu banheiro. O sul-africano também lembrou sua infância violenta e o trauma por ter perdido as duas pernas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos