Criação de brasileiro,novo Homem de Ferro é uma mulher negra

SÃO PAULO, 7 JUL (ANSA) - O universo dos quadrinhos está mudando nos últimos anos e finalmente enxergando a importância da representatividade nas suas histórias. Após o anúncio de que a cientista Jane Foster tomará o lugar do deus Thor nas revistas, é a vez de uma outra mulher substituir um dos maiores heróis da Marvel: o Homem de Ferro.   


Criada pelo desenhista paraibano Mike Deodato Jr. com ideias do roteirista Brian Michael Bendis, Riri Williams é uma jovem negra extremamente inteligente que entrou no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, com apenas 15 anos de idade.   


"Gênio da ciência", a garota que irá substituir Tony Stark, por enquanto apenas nas HQs, chamou a atenção do excêntrico bilionário após construir sozinha sua própria armadura usando como base um antigo modelo de Stark.   


De acordo com uma entrevista dada à publicação "Time", Bendis disse que Riri Williams assumirá o posto de Homem de Ferro com o final da série de revistas "Guerra Civil II".   


Segundo o roteirista, a ideia de substituir um homem adulto e branco por uma jovem negra é uma tendência que tem sido percebida há algum tempo nas revistas em quadrinhos.   


Colocar minorias representado personagens de grande importância, já foi realizado com o Thor, que agora é um a mulher com câncer, o Homem-Aranha, que em uma linha paralela de HQs é um adolescente negro e latino, e até com o Capitão América, que agora é o Falcão, personagem negro que já aparecia na revista.   


Além disso, personagens femininas como Jessica Jones, Kamala Khan e Maria Hill fazem cada vez mais sucesso.   


Sobre a recepção dos fãs em relação à mudança do Homem de Ferro, Bendis afirmou que "há fãs que que dizem 'nos mostre coisas novas' e outros que que falam 'não façam nada diferente de quando eu era criança'".   


Comentários racistas e sexistas inundaram a internet coma decisão da Marvel, mas, ao mesmo tempo, muitas pessoas estão "dando o benefício da dúvida" para Riri Williams. "Existe uma parte do público rastejando pelo deserto procurando um oásis quando se trata de representação e, agora que ela está aqui você vai para a internet e é agradecido com essa onda de amor", explicou o norte-americano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos