Queria corrigir injustiças, diz mãe de atirador de Dallas

NOVA YORK, 13 JUL (ANSA) - A mãe de um dos atiradores de Dallas, Micah Xavier Johnson, disse que o filho tentava corrigir as injustiças do mundo.   

Em entrevista ao site "TheBlaze", Delphine Johnson declarou que ele "fez o que considerava justo para corrigir as injustiças que existem no mundo".   

"Estava ofuscado pelo fato de, em 2016, os negros ainda serem tratados como em 1816", concluiu. Ainda segundo ela, Micah "não odiava os brancos". A opinião vai de acordo como a expressada por sua madrasta, Donna Johnson, recentemente.   

Na última sexta-feira, dia 8, Johnson e outros conhecidos abriram fogo contra policiais, em sua maioria brancos, durante uma manifestação contra a violência policial, deixando cinco agentes mortos e outras nove pessoas feridas, entre elas civis.   

O debate sobre a violência policial foi reacendido recentemente nos Estados Unidos após as mortes de três jovens negros em diferentes estados. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos