Prisão Mamertina, no Foro Romano, reabre ao público

ROMA, 14 JUL (ANSA) - O Foro Romano está cada vez mais acessível e completo para os turistas. O motivo é a "reabertura ao público da Prisão Mamertina", fechada há um ano para restauros.   


A notícia foi anunciada pelo superintendente do Patrimônio Arqueológico de Roma, Francesco Prosperetti, durante uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira, dia 13, em Roma, que também teve como destaque a inauguração de um museu no interior do cárcere que reúne as descobertas das últimas escavações na região.   


A Prisão Mamertina, conhecida em italiano como Carcere Tullianum, foi uma cadeia que recebeu grandes personagens com o passar da história, como São Pedro e São Paulo.   


Além disso, na coletiva também foi anunciada a abertura no próximo dia 21 de julho de uma nova passagem para entrar no sítio arqueológico pelo lado do Campidoglio.   


"O acesso se insere na nova estratégia da superintendência, que quer fazer do Foro [Roamano] e do Palatino lugares sempre mais acolhedores. Daqui a poucos meses, também estarão ativas as saídas para a [igreja] San Teodoro e o Clivo Palatino, que fazem parte do projeto de multiplicação de percursos na área arqueológica central", disse Prosperetti. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos