Agressor de Nice estava 'deprimido' após divórcio

PARIS, 15 JUL (ANSA) - Desde que teve início seu processo de divórcio, o agressor de Nice, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, parecia "deprimido e instável", informou o veículo local "BfmTv", citando fontes próximas. Ele tinha três filhos.   

Vizinhos o descreveram ao jornal "Le Figaro" como um homem "solitário" e "silencioso", que não parecia ser muito religioso.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos