Brasil anuncia reforça na segurança para Olimpíadas

SÃO PAULO, 15 JUL (ANSA) - O ministro da Defesa do Brasil, Raul Jungmann, afirmou nesta sexta-feira (15) que serão reforçadas as medidas de segurança para as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, após o ataque da última quinta (14) em Nice, no sul da França.   


Segundo ele, as revistas ficarão mais rígidas e as barreiras serão aumentadas para evitar possíveis atentados durante os Jogos. "O ataque em Nice nos preocupa. Vamos revisar as medidas de segurança. Isso pode criar alguns inconvenientes, mas é um mal necessário", disse Jungmann.   


O ministro da Defesa também garantiu que está em contato com todas as agências de inteligência do mundo. Nos últimos dias, um relatório da audiência de um dirigente da inteligência francesa no Parlamento revelou que um membro brasileiro do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) estava "prestes a cometer atentados" contra a delegação do país europeu nos Jogos.   


No entanto, o documento não dá informações sobre a identidade do possível jihadista, que estaria fora do Brasil. Inclusive, já poderia até estar detido. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos