Vídeo de agressão a inválido causa revolta na Itália

OLBIA, 17 JUL (ANSA) - Luca Isoni, um inválido de 37 anos, foi agredido brutalmente em frente a uma discoteca de San Teodoro, na ilha italiana da Sardenha, em um episódio que provocou revolta em todo o país.   

O crime ocorreu no último dia 10 de julho, sob os olhos de várias pessoas, e foi filmado pela câmera do celular de um amigo do agressor, que colocou o vídeo no YouTube e no Facebook. As imagens mostram um homem de camisa xadrez e tipoia acertando diversos socos e joelhadas na vítima, que cai desacordada no chão.   

Isoni contou para a família que tinha sofrido um acidente de moto, mas quatro dias depois alguns parentes assistiram à gravação na Internet e descobriram a verdade. "Eu vi o vídeo só uma vez e foi o suficiente. Luca teve uma fratura no joelho e diversas feridas", disse à ANSA o irmão da vítima, Manuel.   

Ele contou também que Isoni havia saído de noite com o homem que o agrediu, que se dizia seu amigo. "Ele nunca faz isso, mas confiou nele. Ele confia em todo mundo. E aquele amigo depois o atacou", acrescentou o irmão.   

Manuel afirmou que tornou a história pública para "desmascarar" o criminoso. "Vi o vídeo do deficiente agredido em San Teodoro.   

Chocante. Queremos esclarecimentos e justiça rápido", escreveu no Facebook a ministra para as Relações com o Parlamento da Itália, Maria Elena Boschi. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos