Movimento Slow Food completa 30 anos com selo comemorativo

SÃO PAULO, 18 JUL (ANSA) - Há 30 anos, na pequena cidade de Bra, na Itália, o jornalista Carlo Petrini criou o Slow Food, uma organização internacional que tem como principais objetivos ajudar a preservar as culturas e tradições gastronômicas de todo o mundo, incentivar o consumo de comidas mais saudáveis e sustentáveis e se opor às redes de fast food.   


E para celebrar as três décadas do movimento, a Poste Italiane, empresa que administra os serviços dos correios na Itália, divulgou nesta segunda-feira, dia 18, a primeira imagem de um selo comemorativo que será lançado no próximo dia 26 julho sobre a organização.   


O selo, que custará 95 centavos de euro, conta com o desenho de um caracol vermelho, o logo da organização italiana.   


O movimento foi criado e apresentado pela primeira vez ao público em 1986 durante uma demonstração no restaurante do McDonald's próximo da Escadaria da Piazza di Spagna, em Roma.   


Já três anos depois, em 1989, o Slow Food foi oficialmente reconhecido como uma associação internacional e seu manuscrito finalmente foi assinado. Atualmente, o movimento está presente em mais de 160 países, inclusive no Brasil, e conta com centenas de projetos que englobam sustentabilidade e consumo sustentável e milhões de pessoas envolvidas neles. (ANSA)

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos