Contra 'Pomarola', Itália trará aos Jogos só produtos locais

ROMA, 19 JUL (ANSA) - A Casa Italia, sede da delegação azzurra durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, terá um cardápio exclusivamente italiano para combater o fenômeno do "falso made in Italy".   

A iniciativa é fruto de um acordo do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni) com a Confederação Nacional dos Cultivadores Diretos (Coldiretti), que aponta como "cópias" o parmesão, o molho de tomate Pomarola e o salame brasileiros.   

"Nas prateleiras dos supermercados e nos restaurantes do Brasil, é possível comprar produtos que remetem de modo despudorado às comidas mais típicas da Itália, sem ter nenhuma característica de qualidade, segurança e ligações com o território nacional [italiano]", denuncia a Coldiretti.   

Sendo assim, a Casa Italia oferecerá um cardápio formado por produtos com denominação de origem controlada - como o queijo Grana Padano - para os atletas azzurri e os convidados do Coni.   

Situada no Costa Brava Clube, a sede da Itália nos Jogos Olímpicos será inaugurada em 3 de agosto e ficará aberta durante todo o evento. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos