Igreja celebra santa Maria Madalena na próxima sexta-feira

SÃO PAULO, 20 JUL (ANSA) - A figura de santa Maria Madalena será celebrada de maneira especial nesta sexta-feira (22). Isso porque, através de uma determinação do papa Francisco, será a primeira vez que a memória da santa será lembrada como uma "festa litúrgica" no calendário católico.   

A mudança se deveu ao fato do Pontífice querer "dar significado a relevância desta mulher que mostrou um grande amor a Cristo e foi por Cristo muito amada", segundo o secretário do Dicastério, o arcebispo Arthur Roche. Através do gesto, o sucessor de Bento XVI também quer mostrar a importância das mulheres na Igreja Católico.   

Chamada de "apóstola dos apóstolos" por São Tomas de Aquino, Maria Madalena, também conhecida como Maria di Madagla, acompanhou grande parte da trajetória de Jesus Cristo até sua crucificação e morte. Ela ainda foi a primeira pessoa a ver o Cristo ressuscitado, o momento em que o "amor não mais sedutor, possessivo, mas límpido e luminoso" de Jesus, diz o jornal "Osservatore Romano" sobre a santa.   

"Essa é a passagem-chave que abre a verdadeira misericórdia, além do que, o anúncio torna vazia a representação daquilo que deveria ser, mas não é. Dar foco ao valor do corpo, da vida terrena, como instrumentos vivos da ação de salvação e santificadora, está definido para reavaliar o feminino, o interior da Igreja sempre associado ao corpo, ao pecado e mantido à margem. A força da ressurreição no ato passa no aqui e no agora, onde eterno e tempo convergem", escreveu ainda a publicação.   

Citada em mais de um Evangelho, lembra o "Vatican Insider", Maria Madalena teve sua imagem "retratada com equívocos".   

Citando a passagem bíblica em que há "a conversão de uma anônima 'pecadora conhecida naquela cidade'", "Maria di Madagla foi identificada como aquela prostituta sem nome". Segundo os estudos divulgados pela publicação, a "apóstola" foi confundida com outra pessoa.   

O dia da festa de Maria Madalena também ocorre no dia em que o papa Francisco divulgará uma constituição apostólica sobre a contemplação da vida das mulheres.   

Além da festa em homenagem à santa, Maria Madalena terá suas relíquias expostas aos jovens durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre entre os dias 27 e 31 de julho em Cracóvia, na Polônia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos