CEO da 'Fox News' renuncia após acusação de abuso sexual

NOVA YORK, 21 JUL (ANSA) - O CEO do canal conservador norte-americano Fox News, Roger Ailes, se demitiu do cargo nesta quinta-feira (21) devido a denúncias de abuso sexual.   

No comando da emissora havia 20 anos, o executivo é acusado de ter assediado a ex-miss América e apresentadora de TV Gretchen Carlson. Ela diz que Ailes a tirou de um programa matutino e cortou seu salário por causa de sua recusa em manter relações sexuais com ele.   

O agora ex-CEO transformou a "Fox News" em um colosso da televisão norte-americana, alcançando números de audiência melhores que os da "CNN". Seu posto será ocupado pelo dono da emissora, o magnata Rupert Murdoch. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos