Massacre de Breivik na Noruega completa 5 anos

ROMA, 22 JUL (ANSA) - O massacre cometido pelo norueguês de extrema-direita Anders Behring Breivik completa cinco anos nesta sexta-feira, 22 de julho. Naquele dia, em 2011, o homem matou oito pessoas em Oslo e outras 69 em um acampamento de férias em Utoya, que fica a 30 quilômetros da capital. Breivik, hoje com 37 anos de idade, planejou tudo nos mínimos detalhes. Primeiro ele explodiu duas bombas no bairro de Regjeringskvartalet, perto do Parlamento norueguês. Depois, ele se vestiu como um policial e entrou no acampamento de jovens do Partido dos Trabalhadores, onde abriu fogo contra dezenas de pessoas. No dia dos atentados, o terrorista de extrema-direita publicou um manifesto na internet sobre sua ideologia, baseada em consevadorismo radical, ultranacionalismo, islamofobia, racismo e antifeminismo. Em 24 de agosto de 2012, Breivik foi condenado a 21 anos de prisão pelos 77 homicídios cometidos no duplo atentado. A pena pode ser prorrogada caso a Justiça o considere perigoso para a sociedade ainda. Ao ouvir a sentença, Breivik sorriu e fez a saudação nazista.   

Dois anos depois, o terrorista, na cadeia, ameaçou iniciar uma greve de fome em protesto pelas condições de sua detenção. Ele exigia ter acesso a novos jogos de vídeo game e definiu como "tortura" o isolamento que sofria. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos