Renzi e CEO da Amazon se reúnem em Florença

FLORENÇA, 22 JUL (ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, recebeu nesta sexta-feira, dia 22, o CEO da empresa de comércio eletrônico Amazon, Jeff Bezos, em Florença. O premier italiano deu um tour do Palazzo Vecchio para o empresário norte-americano e lhe mostrou a cidade do alto da Torre d'Anolfo, acompanhado do prefeito do município, Dario Nardella.   

O motivo da visita de Bezos a Florença é o projeto da construção de um novo centro de distribuição em Passo Corese, fração da pequena cidade de Fara in Sabina, localizada a cerca de 30 quilômetros de Roma, que tem como objetivo "satisfazer o crescimento da demanda na Itália".   

O investimento, de 150 milhões de euros foi anunciado pela companhia na manhã desta quinta. O novo polo logístico, que será o segundo maior espaço do tipo do país, iniciará sua atividade na primavera do ano que vem.   

No comunicado divulgado mais cedo, a Amazon investirá 150 milhões de euros na nova unidade operativa de 60 mil metros quadrados, "dando um impulso também ao desenvolvimento da economia local". Além disso, a empresa tem como objetivo criar, em um prazo de três anos, 1,2 mil novos postos de trabalho. Desde o começo das sua atividade na Itália, em 2010, a companhia norte-americana já investiu mais de 450 milhões de euros. "Nos últimos cinco anos criamos mais de mil novos postos de trabalho no nosso centro de distribuição em Castel San Giovanni e hoje estamos felizes em anunciar que empregaremos mais de 1,2 mil [pessoas] no novo pólo de Passo Corese nos próximos três anos", afirmou o vice-presidente para a Europa da companhia, Roy Perticucci.   

"Esta nova unidade operativa será integrada na rede da Amazon, que conta com 29 centros de distribuição em sete países europeus, que nos permite responder ao crescimento da demanda e manter a nossa promessa de continuar velozes e confiáveis aos clientes na Itália", afirmou o empresário.   

"Estou convencido de que este investimento trará vantagens também para a economia local, com novos postos de trabalho e novas oportunidades para as empresas colaborarem com um dos mais avançados networks logísticos do mundo, que atinge milhões de clientes em toda a Europa", concluiu Perticucci. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos