Turquia rebatizará Ponte do Bósforo em memória de 'mártires'

ANCARA, 25 JUL (ANSA) - A Ponte do Bósforo, que liga os lados europeu e asiático de Istambul, maior cidade da Turquia, será rebatizada como "Ponte dos Mártires de 15 de Julho", em homenagem aos civis que perderam a vida no fracassado golpe de Estado de 10 dias atrás.   

Situada sobre o estreito de Bósforo, a via chegou a ter o trânsito bloqueado pelos militares revoltosos e foi palco de cenas de guerra na fatídica noite de 15 de julho, quando cerca de 300 pessoas morreram nos conflitos entre golpistas e legalistas.   

Desde então, mais de 13 mil indivíduos já foram presos por suspeita de envolvimento com a revolta, incluindo milhares de soldados, juízes e policiais. O presidente Recep Tayyip Erdogan diz que o golpe foi patrocinado pelo imã Fethullah Gülen, que vive em autoexílio nos Estados Unidos e comanda um movimento social, político e religioso bastante influente na Turquia.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos