Com reforço na segurança, JMJ começa na Polônia

VARSÓVIA E ROMA, 26 JUL (ANSA) - A segurança está entre as principais preocupações da organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que inicia nesta terça-feira (26) em Cracóvia, na Polônia. Por isso, mais de 38 mil policiais poloneses e agentes de vários serviços de segurança estarão a postos para o evento, informou o ministro do Interior do país, Mariusz Blaszczak. Além disso, agentes de outras nações europeias também ajudarão nos trabalhos.   

Blaszczak informou ainda que a Polônia elevou para o máximo (chamado de nível alfa) o nível de ameaça terrorista e de defesa contra possíveis ataques cibernéticos. O Tratado de Schengen, que permite a livre circulação de pessoas que morem na Europa, foi suspenso temporariamente e todos as entradas do país terão a segurança reforçada. Ontem (25), um iraquiano de 48 anos foi preso na cidade de Lodz, no centro do país, por porte de explosivos. "Esta prisão é a maior prova do profissionalismo dos serviços poloneses. A segurança da JMJ será garantida tanto pelos agentes bem como por São João Paulo II", disse a premier polonesa, Beata Kempa. A referência ao papa católico tem razão de ser. Karol Wojtyla nasceu no país, é muito adorado pelos poloneses e ainda foi o "fundador" da JMJ, que começou a ser realizada em 1986.   

A 31ª JMJ ocorre até o dia 31 de julho e deve reunir cerca de milhares de pessoas. Até o momento, cerca de 600 mil jovens estão inscritos, mas são esperados até 1,8 milhão de pessoas durante as principais celebrações ao ar livre.   

O papa Francisco irá para Cracóvia nesta quarta-feira (27) e fica no país até o fim do evento - assim como ocorreu há três anos no Rio de Janeiro. Além de participar da jornada voltada aos jovens, o Pontífice ainda visitará pontos históricos da Polônia, como o campo de concentração nazista de Auschwitz e Birkenau. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos