EI publica suposto vídeo de agressor de Ansbach

BERLIM, 26 JUL (ANSA) - Os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI, ex-Isis) publicaram um vídeo onde Mohammed Delel, o jovem sírio de 27 anos morto após explodir uma bomba na noite do último domingo, dia 24, em Ansbach, na Alemanha, supostamente é retratado.   

Nas imagens ele jura fidelidade ao grupo e diz que a Alemanha "não será mais capaz de dormir pacificamente".   

Com o rosto coberto, o homem ameaça tornar a vida dos infiéis intolerável e diz que "explodiremos suas casas".   

O vídeo foi publicado pela agência de notícias Amaq, que é considerada a representação oficial do grupo terrorista na mídia. Aparentemente, este é o mesmo vídeo encontrado pelas autoridades alemãs após uma operação de busca em sua casa. O grupo jihadista Estado Islâmico (EI, ex-Isis) reivindicou a autoria do atentado realizado em Ansbach no último domingo que deixou o próprio agressor morto e outras 15 pessoas feridas.   

Médico - A Alemanha passou por um novo susto nesta terça-feira, dia 26, quando um médico foi alvo de disparos no hospital de Steglitz, em Berlim. O profissional não sobreviveu aos ferimentos causados pelo agressor que também se matou. Ainda não se sabe as motivações do agressor, mas as autoridades locais não acreditam que o episódio tenha características terroristas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos