Itália lança campanha contra turismo sexual nos Jogos

ROMA, 26 JUL (ANSA) - Por ocasião dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a organização Ecpat Itália lançou uma campanha mundial contra o dramático fenômeno do turismo sexual com menores de idade.   

A iniciativa, que faz parte do projeto "Rio 2016: Olimpíadas dos Direitos da Criança e do Adolescente", tem o objetivo de informar à população e aos turistas sobre as violações dos direitos dos menores de idade, mais recorrentes em grandes eventos, além de divulgar os principais canais de denúncia.   

"Denunciar um comportamento suspeito pode salvar uma possível vítima e quebrar um círculo vicioso e perigoso. É importante sinalizar isso, até para as autoridades italianas presentes no país. Na Itália, as leis punem crimes de turismo sexual com menores mesmo se cometidos no exterior.", afirmou Yarmin Abo Loha, secretário geral da Ecapt Itália.   

A organização luta há 20 anos para combater o turismo e a comercialização sexual de menores. No Brasil, para denunciar qualquer tipo de violência, é preciso ligar para o número "100" ou utilizar o aplicativo Proteja Brasil.   

Para aderir à campanha "#100forChildren", basta fazer o download da imagem oficial no site da organização e divulgá-la nas redes sociais. Durante os jogos do Rio, mais de 100 voluntários vão incentivar a população durante eventos realizados em centros esportivos e na orla de Copacabana.   

De acordo com Abo Loha, "a informação e sensibilização são os primeiros passos fundamentais para combater um fenômeno oculto e obscuro como sexo com menores." (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos