Atentado do EI em cidade curda da Síria mata 44 pessoas

BEIRUTE, 27 JUL (ANSA) - Pelo menos 44 pessoas morreram em um atentado com caminhão-bomba cometido na manhã desta quarta-feira (27) em Qamishli, cidade síria de maioria curda situada a poucos quilômetros da fronteira com a Turquia.   

O balanço foi divulgado pela TV estatal de Damasco, que diz também que dezenas de indivíduos ficaram feridos. A explosão aconteceu nos arredores de uma delegacia de polícia e foi reivindicada pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), por meio de sua agência de notícias, a "Amaq".   

"Um suicida atingiu com um caminhão-bomba a sede das forças curdas em Qamishli", afirmou o veículo. O município é uma das principais fortalezas das tropas curdo-sírias, que estão na linha de frente da guerra contra o EI na região que engloba Aleppo e Raqqa, esta última considerada a "capital" do grupo no país árabe.   

Nos últimos dias, as forças curdas, apoiadas pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, têm conseguido reconquistar territórios do EI no norte da Síria, principalmente nos arredores de Manbij, que por conta do assédio passa por uma grave crise humanitária. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos