ONU pede trégua em guerras durante Jogos Olímpicos

NOVA YORK, 27 JUL (ANSA) - O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, fez um apelo para que todos os países do mundo envolvidos em guerras abaixem as armas pelo menos durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.   


O sul-coreano lançou a mensagem por meio de um vídeo divulgado a apenas nove dias da cerimônia de abertura do evento. Na gravação, ele ainda expressa o desejo de que a ONU trabalhe pela "paz e harmonia global" ao lado do Comitê Olímpico Internacional (COI).   


"Agradeço a todos os atletas e espectadores que lotarão as arenas dos Jogos nas próximas semanas. As Olimpíadas e Paralimpíadas honram o melhor da humanidade", afirmou Ban Ki-moon. Os 193 países da Assembleia Geral das Nações Unidas já votaram diversas resoluções sobre a chamada "trégua olímpica" nos últimos 20 anos, mas os acordos jamais foram respeitados por todos.   


Além disso, há conflitos em curso em diversas partes do mundo, principalmente no norte da África e no Oriente Médio, e a ameaça cada vez maior do terrorismo, que teria como alvo as próprias Olimpíadas do Rio de Janeiro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos