Atriz acusada de ligação com 'El Chapo' volta ao México

CIDADE DO MÉXICO, 28 JUL (ANSA) - A popular atriz mexicana Kate del Castillo voltou ao México, desafiando a Justiça local, após ser ligada a Joaquín "El Chapo" Guzmán, um dos maiores narcotraficantes do mundo.   

A protagonista da popular série "La reina del sur", baseada no livro homônimo, já foi intimada duas vezes pela Justiça mexicana para esclarecer seu relacionamento com Chapo.   

Ela voltou ao país para as gravações da série "Ingobernable", do serviço por streaming Netflix, que deveriam ter começado em janeiro, mas foram atrasadas por conta de seus problemas legais.   

O nome da atriz foi ligado ao do narcotraficante em janeiro, quando a revista norte-americana "Rolling Stone" publicou o relato do ator Sean Penn sobre o encontro que com Chapo realizado no noroeste do México.   

Segundo Penn, o encontro foi propiciado pela atriz, a quem o narcotraficante teria pedido que se encarregasse de realizar um filme autobiográfico em Hollywood.   

Na ocasião, vieram à tona supostas mensagens trocadas entre a atriz e o criminoso que teriam cunho pessoal e talvez sentimental, como especula a imprensa local.   

Histórico - Ex-chefe do cartel de Sinaloa, "El Chapo" foi preso no último dia 8 de janeiro, seis meses depois de sua fuga cinematográfica da penitenciária de segurança máxima Altiplano I, na qual usou um túnel de 1,5 km. Ele chegou a ser considerado o segundo homem mais procurado do mundo, atrás apenas do fundador da Al Qaeda, Osama bin Laden.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos