'Brexit' esfria venda da SABMiller para AB Inbev

ROMA, 28 JUN (ANSA) - Os acionistas do grupo britânico SABMiller decidiram suspender a megafusão com a companhia belgo-brasileira AB Inbev devido à forte desvalorização da libra esterlina frente ao dólar nas últimas semanas.   

Avaliada em US$ 104 bilhões, a operação juntará as duas maiores cervejarias do planeta, responsáveis por quase um terço da produção mundial. No entanto, desde o fim de junho, a cotação da moeda britânica vem caindo por conta do referendo que determinou a saída do Reino Unido da União Europeia.   

Com isso, a SABMiller pede uma oferta mais vantajosa da AB Inbev. Se não houver contrapartidas financeiras para compensar a queda da libra, os acionistas ameaçam até cancelar de vez a operação.   

O CEO da SABMiller, Alan Clark, já enviou um memorando determinando que não ocorra nenhum contato com o grupo belgo-brasileiro sobre a fusão. A AB Inbev vê na compra uma chance de reforçar sua presença em mercados emergentes, com fortes perspectivas de crescimento em Ásia, América do Sul e África.   

A companhia é dona de algumas das principais marcas de cerveja do mundo, como Stella Artois e Budweiser, além de importantes players locais e regionais, como Quilmes (Argentina), Corona (México), Norteña (Uruguai) e Brahma, Skol, Bohemia e Antarctica (Brasil). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos