Kuczynski toma posse no Peru pedindo união

LIMA, 28 JUL (ANSA) - O economista Pedro Pablo Kuczynski assumiu a Presidência do Peru nesta quinta-feira, dia 28, em cerimônia realizada no Congresso, em Lima.   

Sem maioria no Parlamento, PPK, como é conhecido, pediu a união do país. "Sim à paz e à união, não ao enfrentamento e à divisão", disse em seu primeiro pronunciamento como novo líder peruano.   

No Congresso peruano, onde o sistema é unicameral, a bancada comandada pela filha do ex-presidente Alberto Fujimori, Keiko, tem maioria absoluta.   

A situação do economista é complicada, se levar em conta que ele derrotou Keiko por uma margem pequena de votos nas urnas. Em seu discurso de posse, Kuczynski ainda agradeceu àqueles que votaram e os que não votaram nele e a todos os parlamentares.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos