'Vá a igreja e corte cabeças', pediu terrorista de Rouen

PARIS, 28 JUL (ANSA) - Um dos autores do atentado em Saint-Etienne-du-Rouvray, na região de Rouen, na França, Adel Kermiche, enviou uma mensagem na rede social "Telegram" orientando seus contatos a "pegar uma faca, ir a uma igreja e realizar um massacre".   

"Corte duas ou três cabeças e acabe logo com isso", acrescentou o terrorista, que estava sendo monitorado pelas autoridades locais após ter tentado entrar na Síria para se juntar aos jihadistas do Estado Islâmico (EI, ex-Isis). As informações foram divulgadas pelo jornal francês "L'Express".   

O jovem de 19 anos tinha como foto de perfil uma imagem do "califa" do Estado Islâmico Abu Bakr Al-Bagdadi e convidava seus contatos a imitá-lo.   

No chat ele ainda falou da vontade de criar uma célula terrorista, os detalhes de suas tentativas fracassadas de ir ao Oriente Médio, a descrição do seu plano de ataque contra a igreja e a tentativa de recrutamento de aliados.   

Durante semanas, Kermiche descreveu tudo em seus arquivos de áudio que, como escreve o "L'Express", parece um diário direcionado a seus cerca de 200 contatos no Telegram.   

Na manhã da última terça-feira, dia 26, dois homens que se diziam leais ao Estado Islâmico invadiram uma igreja em Saint-Etienne-du-Rouvray e degolaram o padre Jacques Hamel, de 84 anos, durante uma missa. Os agressores foram mortos pela Polícia. O atentado ocorreu há pouco mais de dez dias do massacre em Nice, quando um jihadista matou mais de 80 pessoas, deixando a França em choque. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos