Com mais uma negativa da Iaaf, Isinbayeva desiste da Rio2016

MOSCOU, 29 JUL (ANSA) ? A bicampeã olímpica Yelena Isinbayeva desistiu de vez de tentar vir aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro após ver mais um de seus recursos negados pela Federação Internacional de Atletismo (Iaaf, na sigla em inglês).   


Na noite desta quinta-feira (28), a russa usou sua conta no Instagram para informar que a apelação havia sido rejeitada e que "o milagre não aconteceu". A punição, provavelmente, fará com que a russa se aposente aos 34 anos.   


Isinbayeva não aceitou competir sob a bandeira olímpica e tentava competir como atleta da Rússia, mesmo com praticamente toda a delegação do atletismo suspensa. Desta maneira, apenas a saltadora em distância Darya Klishina irá às Olimpíadas e sem a bandeira do seu país.   


O atletismo russo foi suspenso de todas as competições internacionais por causa da revelação, pela Agência Mundial Antidoping (Wada), de que havia um "doping sistêmico e de Estado" dos atletas russos. - Rússia implantará comitê sobre doping: O ministro russo dos Esportes, Vitaly Mutko, afirmou nesta sexta-feira que seu país criará um comitê investigado para analisar o relatório da Wada. Segundo o titular da pasta, que é acusado pela agência de liderar o esquema de doping, o governo "agirá no campo legal, defendendo o bom nome dos nossos atletas".   


Ele ainda afirmou que "cerca de 272 atletas" de seu país já passaram por novos testes antidoping e estão aptos a participarem da Rio 2016 pelos novos critérios estabelecidos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). A todo, a Rússia tinha 387 representantes com índices para a competição ? tirando o atletismo.   


Mutko também informou que o governo de Moscou dará apoio legal àqueles esportistas que entrarem com causas contra o COI e a Wada por terem perdido os Jogos Olímpicos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos