Em greve de fome, opositor cubano deixa hospital

HAVANA, 29 JUL (ANSA) - O opositor cubano Guillermo Fariñas deixou, por vontade própria, o hospital onde foi internado após mais de uma semana em greve de fome.   

Segundo uma fonte próxima ao opositor, ele está mais disposto após ter passado por um tratamento para combater a desidratação.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos