Muçulmanos irão a igrejas na Itália para mostrar união

ROMA, 29 JUL (ANSA) - A Comunidade Religiosa Islâmica (Coreis) da Itália anunciou nesta sexta-feira (29) que enviará delegados para dar testemunhos de "irmandade espiritual" em missas católicas no próximo domingo (31) em diversas cidades do país, incluindo Roma, Milão, Gênova, Verona, Siena e Palermo.   

A ideia é uma resposta ao apelo lançado na França para levar muçulmanos a celebrações cristãs e mostrar união após o ataque contra uma igreja nos arredores de Rouen, que terminou com um padre degolado em pleno altar. O atentado foi cometido por dois jihadistas.   

"É fundamental neste momento dramático dar, com essa saudação dos muçulmanos, um sinal concreto de profundo respeito à sacralidade dos rituais, dos ministros e dos locais de culto do cristianismo", diz um comunicado da Coreis.   

Já Omar Camiletti, especialista em Islã que trabalha na Grande Mesquita de Roma, afirmou que o gesto possui um "elevado valor simbólico", mas deveria ser acompanhado de um "verdadeiro conhecimento recíproco". Por sua vez, a Conferência Episcopal Italiana (CEI) disse que a atitude afasta "quem quer dividir e quem quer uma estratégia de terror". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos