EUA iniciam ataques contra Estado Islâmico na Líbia

NOVA YORK E CAIRO, 01 AGO (ANSA) - Os Estados Unidos estão bombardeando bases estratégicas do grupo terrorista Estado Islâmico (EI, ex-Isis) na Líbia, confirmou o Pentágono nesta segunda-feira (01). Segundo o porta-voz do órgão, Peter Cook, os ataques miram os "paraísos seguros" do EI no país e foram autorizados pelo presidente norte-americano, Barack Obama, sob recomendação do secretário de Defesa, Ash Carter. Até o momento, essas ações eram realizadas apenas na Síria e no Iraque.   

Os bombardeios foram solicitados pelo novo governo de unidade da Líbia, através do primeiro-ministro, Fayez al-Sarraj. De acordo com o premier, as primeiras bombas lançadas em Sirte, onde há uma maior presença dos extremistas, começaram a ser lançadas hoje. Em discurso na TV local, Sarraj informou que "caças norte-americanos efetuaram ataques aéreos contra o EI em Sirte, conforme solicitação apresentada pelo Conselho Presidencial do governo de unidade nacional e em coordenação com a Sala de Comando Al-Bunyan Al-Marsous". O premier destacou que os ataques de hoje "atingiram alguns postos do EI em Sirte, causando pesadas perdas" aos terroristas.   

"A ajuda aérea será limitada a um período de tempo bem determinado, na área de Sirte e em sua periferia [...] e não haverá presença militar norte-americana em solo", disse al-Sarraj. Em junho, os militares líbios haviam anunciado avanços contra os jihadistas, retomando o controle do porto da cidade.   

Desde que assumiu o governo, no início deste ano, o premier estava evitando solicitar ajuda estrangeira para lutar contra os terroristas, especialmente do EI, para não fragmentar ainda mais as brigas internas. Desde 2011, o país tenta se reerguer de uma grande guerra civil, que dividiu o governo e os moradores, além de precisar enfrentar ameaças de grupos extremistas internacionais, como o EI e e o Fatah al Sham Front (ex-Frente al-Nusra). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos