Natação italiana busca isolamento para subir ao pódio

Por Lucas Rizzi SÃO PAULO, 01 AGO (ANSA) - Isolamento. Esta é a palavra-chave da equipe italiana de natação para subir no pódio dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Com 35 atletas, desde o experiente casal Federica Pellegrini (27) e Filippo Magnini (34) à jovem estreante Sara Franceschi (17), o time azzurro escolheu a cidade de Santos para se preparar e não repetir o fiasco de 2012, quando não tirou nenhuma medalha das piscinas.   


"A Vila Olímpica é uma bela coisa para quem participa, mas não para quem deve fazer resultados", explica Stefano Morini, treinador dos nadadores Gregorio Paltrinieri (21) e Gabriele Detti (21), fortes candidatos a pódio nos 1.500 e 400 metros nado livre, respectivamente.   


Ambos ficarão em Santos, onde treinam na Universidade Santa Cecília (Unisanta), até alguns dias antes de entrarem na água para a primeira eliminatória de suas modalidades. No entanto, é uma mulher que está no centro das atenções da equipe italiana de natação e de toda a delegação do país para os Jogos: Federica Pellegrini.   


Maior nadadora da história da Itália e dona de duas medalhas olímpicas, a "divina" disputará o revezamento 4x100m e sua prova preferida, os 200m nado livre, na qual terá como grande rival a norte-americana Katie Ledecky, de 19 anos. As Olimpíadas de 2016 ainda terão um apelo especial para ela: Pellegrini será porta-bandeira azzurra na cerimônia de abertura, justamente na data em que completará 28 anos.   


"No dia 5 começa, e com uma grandíssima emoção para mim, que será levar a bandeira no Maracanã. E será também meu aniversário", disse a nadadora, em entrevista exclusiva à ANSA Brasil no Parque Balneário Hotel, que hospeda o time italiano em Santos.   


Sem falar em pódio, apesar da grande expectativa que a cerca, Pellegrini contou que tentará fazer o seu "melhor possível" na final dos 200m. "Na minha cabeça há um desempenho que eu gostaria de ter, mas não sei se isso levará a uma medalha, ou mais, ou menos. O que acontecer, aconteceu", acrescentou.   


Seu namorado, Filippo Magnini, é o capitão da equipe italiana de natação e, mesmo com 34 anos de idade, seus treinadores garantem que ele está no ápice de sua forma. Especialista em provas rápidas, Magnini disputará sua quarta edição de Jogos Olímpicos e tentará pelo menos repetir o feito das Olimpíadas de 2004, quando foi bronze no revezamento 4x200m estilo livre. Sua experiência também será fundamental nos 4x100m.   


"É a quarta edição de Olimpíadas, então digamos que estou habituado, mas é sempre emocionante. É a minha primeira vez no Brasil, nunca estive aqui, então é um país novo. Mas tenho vontade de disputar, falta muito pouco", contou Magnini, também do hotel que hospeda a delegação azzurra.   


Ele ainda competirá nos 100m nado livre, uma das provas mais disputadas de todas, porém ressaltou que os revezamentos serão as prioridades, principalmente após o bronze nos 4x100m do Mundial de 2015, quando a Itália ficou à frente justamente do Brasil. "Os brasileiros são amigos. Na água se combate, mas fora somos amigos", disse.   


Embaixador - Na última sexta-feira (29), o time azzurro de natação recebeu a visita do embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, que acompanhou uma parte do treinamento dos atletas. Na ocasião, ele afirmou, em tom de brincadeira, esperar que seu país conquiste "mais de 200 medalhas".   


"Queremos promover a imagem do nosso país nas coisas mais belas que temos", salientou o diplomata, destacando seu desejo de que os Jogos do Rio também sirvam para alavancar a candidatura de Roma às Olimpíadas de 2024.   


Em seguida, o embaixador participou de um coquetel com a delegação italiana no Parque Balneário Hotel, que também contou com a presença do cônsul da Itália em São Paulo, Michele Pala, da diretora da Agência para a Internacionalização das Empresas Italianas (ICE), Erica Di Giovancarlo, e de empreendedores.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos