Por maus-tratos, dois professores são presos na Itália

MILÃO, 01 AGO (ANSA) - A polícia de Milão prendeu dois professores de uma escola privada para crianças com menos de 10 anos nesta segunda-feira (01) após uma série de denúncias de maus-tratos. O professor titular, 35 anos, e sua assistente, de 34, foram detidos por agressão, espancamento e lesões de menores de idade.   

A violência teria começado a pouco tempo e as principais vítimas seriam crianças de alguns meses até os dois anos. Elas sofriam com tapas, empurrões e até insultos. Para os mais "velhos", as agressões iam desde a violência física até alunos sendo amarrados com correntes em cadeiras e presos em armários sozinhos.   

A investigação começou quando uma criança de dois anos foi levada ao hospital pelos pais por apresentar uma mordida. O fato levantou suspeita da equipe médica que acionou os policiais. A escola fica em Milão e faz parte de uma rede nacional de ensino, com dezenas de unidades na região, além de Piemonte, Vêneto, Emilia-Romana e Toscana. Segundo uma mãe, que é vizinha do estabelecimento e que desistiu de matricular os dois filhos pelo alto valor da instituição, as mensalidades para as crianças "ficariam entre 600 e 700 euros".   

"Não me inspirava como estrutura para enviar os meus filhos. As crianças estavam sempre em locais fechados, mesmo nos dias bonitos, até porque tinha um pátio pequeno. Nunca ouvia as crianças", contou outra mãe, Tania, à ANSA. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos