Trump chama Hillary de diabo e diz temer fraude em eleições

WASHINGTON, 02 AGO (ANSA) - O polêmico candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na noite desta segunda-feira (01), durante um comício em Washington, que as eleições no país "podem ser fraudadas".   

"Eu temo que a eleição possa ser manipulada, tenho que ser honesto", disse no evento. Horas depois, à emissora "Fox News", Trump repetiu a fala e pediu para que os republicanos "fiquem atentos, pois essa eleição pode ser manipulada". É a primeira vez que um dos principais candidatos ao cargo faz esse tipo de comentário nos últimos anos.   

Sobre sua concorrente, a democrata Hillary Clinton, o magnata foi ainda mais polêmico e a chamou de "demônio". "Bernie Sanders fez um pacto com o demônio. Hillary é o demônio", disse ao falar da disputa entre os democratas. Apesar dos pesados ataques, a ex-secretária de Estado se mantém à frente nas pesquisas eleitorais. Um levantamento realizado pela emissora "CNN" mostrou que Hillary tem 52% das intenções de voto contra 43% de Trump. A pesquisa foi realizada entre os dias 29 e 31 de julho, após as convenções dos dois partidos terem oficializado as nomeações à Presidência. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos