Após 140 anos, retrato é achado escondido em tela de Degas

SÃO PAULO, 4 AGO (ANSA) - Após mais de um século de mistério, finalmente se descobriu qual imagem estava escondida atrás das camadas de tintas do quadro "Retrato de uma Mulher" (1876), do pintor impressionista Edgar Degas.   


Graças a uma técnica chamada fluorescência de raios-x (XRF), que conseguiu trazer à tona os pigmentos usados na pintura original do artista francês, cientistas australianos descobriram que embaixo da obra se encontrava um outro retrato de uma mulher, com um a boa parte do rosto já concluída.   


Pesquisadores da National Gallery of Victoria, na Austrália, encontraram a face de uma jovem que se assemelha muito com a modelo francesa Emma Dobigny, que servia de musa inspiradora pra pintores no final do século 19, como Jean-Baptiste Camille Corot e Pierre Puvis de Chavannes.   


A hipótese de que o esboço escondido no quadro seja um retrato da modelo é bem plausível já que por cerca de 20 anos ela posou para trabalhos de Degas. Os dois até trocavam cartas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos