Pelé fica fora da abertura dos Jogos por motivos de saúde

RIO DE JANEIRO, 5 AGO (ANSA) - A lenda brasileira do futebol Pelé anunciou que não irá acender a tocha Olímpica, como era especulado pela imprensa.   


O "rei do futebol" explicou, em nota divulgada nesta sexta-feira, dia 5, que não poderá participar da abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que terá início às 20h, por motivos de saúde. "Neste momento eu não estou em condições físicas de participar da abertura da Olimpíada", disse. Com problemas no quadril, o ex-craque está andando de bengala. "Só Deus é mais importante do que minha saúde! Em minha vida tive fraturas, cirurgias, dores, internações em hospitais, vitórias e derrotas, e sempre respeitando aqueles que me admiram. A responsabilidade das decisões é minha onde sempre procurei não decepcionar a minha família e o povo brasileiro", acrescentou.   


Após passar intervenções cirúrgicas recentemente, Pelé ainda reclama de dores musculares.   


Com o nome de Pelé fora da lista, as apostas se voltam para o maior tenista da história do Brasil, Gustavo Kuerten, para acender a pira olímpica. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos