Papa lamenta morte de civis no conflito da Síria

CIDADE DO VATICANO, 7 AGO (ANSA) - O papa Francisco disse neste domingo, dia 7, durante a missa do Angelus, que é "inaceitável" a enorme quantia de civis mortos na guerra da Síria, que teve início em 2011, e criticou a "falta de vontade de paz dos poderosos".   

"Infelizmente, continuam chegando da Síria notícias sobre as vítimas civis da guerra, sobretudo de Aleppo. É inaceitável que muitas pessoas indefesas, também muitas crianças, tenham que pagar o preço do conflito", declarou o líder da Igreja católica.   

O Papa concluiu dizendo estar orando pelos "irmãos e irmãs sírios".   

Desde que o conflito interno na Síria teve início, em março de 2011, calcula-se que mais de mais de 250 mil pessoas tenham morrido, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), e milhões tenham deixado seus lares. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos