Rússia é banida dos Jogos Paralímpicos por doping

SÃO PAULO, 7 AGO (ANSA) - O Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês) confirmou neste domingo, dia 7, as especulações de que a delegação russa será banida dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, que começam em 7 de setembro, por envolvimento com doping.   


"A decisão colocou um peso enorme em nossos ombros, mas é uma decisão que precisamos tomar em nome dos interesses do Movimento Paralímpico", lamentou o presidente da organização, Philip Craven.   


Em coletiva de imprensa, dirigentes do IPC informaram que a decisão foi tomada de forma unânime.   


A deliberação foi tomada após um relatório afirmar que houve um esquema de "doping sistêmico", vinculado ao Estado, entre os anos de 2011 e 2015, que inclui as modalidades olímpicas e paralímpicas. Richard McLaren, responsável pelo documento encomendado pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês), acusou o ministro russo dos Esportes, Vitaly Mutko, de liderar e fazer "vista grossa" ao esquema, que permitia que atletas competissem sem ser "incomodados" pelos exames de doping. As autoridades de Moscou terão agora 21 dias para recorrer da decisão. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos