Boxeador da Namíbia é preso por acusação de estupro

RIO DE JANEIRO, 8 AGO (ANSA) - A polícia do Rio de Janeiro prendeu nesta segunda-feira (8) o boxeador Jonas Junius, de 22 anos, por tentativa de estupro dentro da Vila dos Atletas. O atleta compete nos Jogos do Rio de Janeiro pela Namíbia e foi acusado de tentar abusar sexualmente de uma camareira, de acordo com o jornal "O Globo". Ele teria beijado a mulher à força e, depois, oferecido dinheiro em troca de sexo.   


O boxeador Jonas Junius, que foi porta-bandeira de seu país na cerimônia de abertura, deve ser levado para o complexo penitenciário de Bangu, onde também está preso o pugilista marroquino Hassan Saada, de 22 anos, também por tentativa de estupro. A menos que consiga um habeas corpus, Junius não lutará nesta quinta-feira (11) contra o francês Hassan Anzille. A embaixada da Namíbia afirmou que ainda não se pronunciará sobre o caso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos