Itália anuncia contratação de 32 mil professores em setembro

ROMA, 08 AGO (ANSA) - A ministra italiana da Educação, Stefania Giannini, anunciou nesta segunda-feira (08) que um total de 32 mil professores serão incluídos nas escolas do país a partir de setembro, quando inicia o ano letivo na Itália. "Há uma equipe cada vez mais enriquecida. 32 mil professores entrarão no trabalho ou por vencerem concursos que estão sendo encerrados nestas semanas ou pelo ranking", disse Stefanini à emissora "Rainews24".   

Neste ano, começa a vigorar a reforma escolar aprovada pelo governo do primeiro-ministro Matteo Renzi. Alvo de protestos, a medida prevê disciplinas opcionais no ensino médio e aumentou a autonomia das instituições e a contratação de até 100 mil professores no biênio 2015-2016. "Será um ano escolar que trará notícias positivas para o mundo das escolas. A mobilidade geral deste ano atinge cerca de 200 mil professores", acrecentou Giannini. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos