Itália suspende preventivamente atleta dos 3mil metros

RIO DE JANEIRO E ROMA, 08 AGO (ANSA) - O Tribunal Nacional Antidoping (TNA) da Itália suspendeu preventivamente o atleta ítalo-marroquino Jamil Chatbi, que competiria nos três mil metros com barreiras nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. Em nota divulgada pelo Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni), a entidade afirmou que "a primeira seção do Tribunal Nacional acolheu uma instância de suspensão cautelar proposta pelo Escritório da Procuradoria Antidoping". "O atleta foi suspenso após a comunicação, por parte da Procuradoria, de três ausências nos testes de controle, em relação às informações relativas à disponibilidade", informou ainda o Coni.   


O caso de Chatbi se arrasta desde o mês de julho, quando o Coni havia anunciado a suspensão do campeão nacional de 2015 por ele não ter participado de três exames antidoping nos últimos 365 dias. No entanto, a defesa do italiano entrou com um recurso alegando que ele tinha tinha passado por cinco testes nos 40 dias antecedentes.   


Na manhã desta sexta-feira (08), o presidente da Primeira Seção do Tribunal Regional Administrativo de Lazio, Riccardo Savoia, deu ganho de causa a Chatbi e ordenou que o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, colocasse à disposição do atleta as passagens de avião e toda a infraestrutura necessária para que ele se dirigisse ao Rio ainda hoje para competir nas Olimpíadas.   


No entanto, com a decisão desta tarde do TNA, o italiano está fora da disputa definitivamente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos