Padre citado em 'Spotlight' por pedofilia se mata em prisão

SÃO PAULO, 8 AGO (ANSA) - O padre Bonifácio Buzzi, cujo caso é citado no filme "Spotlight", foi encontrado morto em um presídio de Três Corações, em Minas Gerais, onde cumpria pena preventiva pelo crime de pedofilia.   


Segundo as autoridades locais, o religioso se matou no último domingo, dia 7, quando se enforcou com um lençol. Será aberta uma investigação sobre o caso, apesar de ele ter sido deixado sozinho na cela.   


Buzzi tinha um longo histórico de passagens pela prisão e instituições psiquiátricas após ser condenado em processos por abuso sexual de menores em Santa Bárbara e Mariana.   


Os casos foram citados no longa vencedor do Oscar de Melhor Filme neste ano, baseado na atuação de jornalistas do jornal norte-americano "The Boston Globe" e inspirado em fatos verídicos, quando foi descoberto um escândalo de pedofilia acobertado pela Igreja Católica. No ano passado vieram novas denúncias à tona de que ele teria abusado de meninos de 9 e 13 anos na zona rural de Três Corações.   


Condenado, Buzzi foi detido na última sexta-feira, dia 5, no norte de Santa Catarina, após ter fugido. Conforme laudo, ele tinha problemas mentais e alegava ter sofrido abusos do pai e irmão quando era criança. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos