Ouro em 2012, esgrimista italiana fica com prata no florete

RIO DE JANEIRO, 10 AGO (ANSA) - Dona de duas medalhas de ouro olímpicas, a esgrimista Elisa Di Francisca perdeu para a russa Inna Deriglazova, número 2 do ranking mundial, na final do florete feminino dos Jogos Rio 2016 e ficou com a prata Sexta melhor esgrimista do planeta na atualidade, Di Francisca, de 33 anos, chegou ao Brasil como candidata a pódio, mas não tanto quanto sua compatriota Arianna Errigo, primeira no ranking e eliminada nas oitavas de final.   


Em seu caminho, a italiana passou por Lin Po Heung (Hong Kong), Hanna Lyczbinska (Polônia), Liu Yongshi (China) e Inès Boubakri (Tunísia), até parar em Deriglazova. Na decisão, ela chegou a estar perdendo por 12 a 7, mas conseguiu, faltando 2,5 segundos para o fim, reduzir a desvantagem para 12 a 11. No entanto, não houve tempo suficiente para levar a partida à prorrogação. O bronze ficou com Boubakri.   


Considerada uma das maiores esgrimistas da história da Itália, Di Francisca já havia vencido duas medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, uma no florete individual e outra por equipes. Além disso, possui 13 medalhas em Mundiais (sete de ouro, quatro de prata e duas de bronze).   


Originária de Jesi, cidade situada nos arredores de Ancona e lar de outro mito da esgrima, Valentina Vezzali, ela começou a praticar o esporte ainda jovem, após ter feito um ano de balé.   


Sua primeira aparição no cenário internacional foi no Mundial de 2004, em Nova York, quando levou o ouro por equipes no florete.   


Daí em diante, não parou mais, conquistando inúmeros pódios em competições globais, continentais e nacionais. Sua trajetória ainda inclui uma viagem de duas semanas ao Quênia para trabalhar como voluntária em uma ONG, uma participação como convidada no Festival de Sanremo de 2013 e a vitória na nona edição italiana da atração televisiva "Ballando con le stelle" ("Dança com Famosos", em tradução livre).   


A prata de Di Francisca é a sexta da Itália no Rio e a 11ª medalha no total, sendo a terceira apenas na esgrima, após o ouro de Daniele Garozzo no florete masculino e o segundo lugar de Rossella Fiamingo na espada feminina. Os outros pódios vieram do tiro (um ouro e duas pratas), do judô (um ouro e uma prata), dos saltos ornamentais (prata), da natação (bronze) e do ciclismo (bronze). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos