Com ouro e prata, Itália se confirma como 'rainha das armas'

RIO DE JANEIRO, 12 AGO (ANSA) - A italiana Diana Bacosi, de 33 anos, conquistou a medalha de ouro na categoria skeet feminino do tiro esportivo nesta sexta-feira (12), ao derrotar a compatriota Chiara Cainero, 38, na final.   


As duas foram as únicas que haviam se classificado para a decisão, mas com Cainero, campeã olímpica em 2008, à frente de Bacosi. No entanto, na final, a mais nova acertou 15 pratos, contra 14 da adversária.   


A norte-americana Kimberly Rhode ficou com o bronze. O curioso é que as duas italianas são treinadas pela mesma pessoa, Andrea Benelli, ouro na mesma prova, só que no masculino, em Atenas 2004.   


O skeet, que faz parte da subdivisão "tiro ao arco" do tiro esportivo, premia a atleta que acertar o maior número de pratos.   


Bacosi e Cainero venceram a 14ª e a 15ª medalhas da Itália nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Até agora, são quatro ouros, sete pratas e quatro bronzes.   


Apenas o tiro esportivo já contribuiu com cinco pódios: além da dupla conquista desta sexta-feira, Niccolò Campriani faturou o ouro na carabina de ar 10m e Giovanni Pellielo levou a prata na fossa olímpica, mesmo resultado obtido por Marco Innocenti na fossa double.   


A Itália é um dos países mais fortes do mundo no tiro esportivo, ocupando a quinta posição no quadro de medalhas da modalidade em todos os Jogos Olímpicos. Além disso, a nação lidera até o momento a disputa do tiro esportivo no Rio, atrás da China em número de pódios (5 a 6), mas à frente em quantidade de ouros (2 a 1). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos