Jogos Olímpicos têm primeiro caso de doping

RIO DE JANEIRO, 12 AGO (ANSA) - As Olimpíadas do Rio de Janeiro registraram o primeiro caso de doping nesta sexta-feira (12). A nadadora chinesa Chen Xinyi, 18 anos, que ficou em quarto lugar nos 100 metros estilo borboleta, foi flagrada pelo uso de hidroclorotiazida, um diurético proibido pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês).   


A substância causa um aumento no fluxo de urina e é usada para "mascarar" outras substâncias dopantes. Na prova do último domingo (7), Xinyi ficou a apenas nove centésimos da medalha de bronze. A atleta de 18 anos informou que já entrou com um recurso no Comitê Olímpico Internacional (COI) pedindo a contraprova do exame. A China se envolveu em uma polêmica durante as Olimpíadas, quando o francês Camille Lacourt criticou o campeão olímpico dos 200 metros, Sung Yang, e o chamou de "dopado". Yang testou positivo em 2014 e cumpriu três meses de suspensão das piscinas.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos