Líbia 'é porto de partida para Roma', diz mensagem jihadista

ROMA, 12 AGO (ANSA) - Sirte, na Líbia, é "o porto marítimo do Estado Islâmico (EI, ex-Isis), o ponto de partida para Roma ...   

com a permissão de Deus". A mensagem apareceu escrita nesta manhã, dia 12, em um muro da cidade, que está sendo liberada do controle do grupo pelas tropas fieis ao governo de Fayez al-Sarraj.   

Em suas gravações, o grupo costuma utilizar Roma como uma metáfora para a Igreja Católica, já que a capital italiana abriga o Vaticano, e já ameaçou atacar a Itália em diversas ocasiões.   

A pichação foi fotografada pelas próprias tropas líbias e divulgada nas redes sociais. Eles costumam publicar no Facebook o avanço na luta contra o EI na cidade.   

Com o apoio dos Estados Unidos, as Forças líbias anunciaram na última quinta-feira, dia 11, que liberaram 70% da cidade de Sirte após atacar diversos locais estratégicos.   

A área de Sirte, ao norte do país, caiu nas mãos dos terroristas do EI no ano passado, onde houve a imposição de um tipo de califado baseado em uma rígida interpretação da sharia (lei islâmica). O município é tido como último reduto dos jihadistas no país. Autoridades locais estimam que apenas algumas centenas de jihadistas ainda estejam em Sirte. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos